Conheça a heroína Megan Rapinoe; veja outros 82 atletas que se assumiram LGBTQ

A capitão da seleção dos EUA é abertamente lésbica e foi eleita a melhor jogadora da Copa!

Stars Insider

08/07/19 | StarsInsider

LIFESTYLE Diversidade

Megan Rapinoe é a mulher do momento. A jogadora americana, que é abertamente lésbica, vem chamando a atenção não só por bater um bolão como também por ter anunciado que se a seleção dos Estados Unidos vencesse a Copa do Mundo de 2019, ela não visitaria a Casa Branca. Motivo? A craque já afirmou que as políticas da administração do presidente Donald Trump nas áreas de igualdade e luta contra a discriminação racial são um retrocesso.

A declaração da estrela do futebol ocorreu antes da vitória da equipe americana e, após a conquista do quarto título, a atleta continua irredutível e virou símbolo de ativismo e resistência. Para o desgosto de Trump, que chegou a desafiar a capitã dizendo que ela deveria 'ganhar primeiro antes de falar', Rapinoe ainda foi eleita a melhor jogadora da competição, ganhando a chuteira de ouro, e agora é vista como uma heroína da comunidade LGBTQ e de toda a nação americana.

Além disso, as duas equipes que disputaram a final tinham o maior número de jogadoras lésbicas e bissexuais, segundo o Out Sports. Tanto a Holanda quanto o time dos EUA têm cinco jogadores cada e Rapinoe destacou orgulhosamente: 'Você não pode ganhar um campeonato sem gays em seu time'.

Apesar do mundo dos esportes ser ainda considerado homofóbico e transfóbico, alguns esportistas famosos revelaram suas opções sexuais, apesar da pressão e da discriminação.

Na galeria, conheça outros 82 atletas brasileiros e internacionais que são assumidamente LGBTQ!

COMMENTÁRIOS

Campo obrigatório

Não perca…...


As últimas novidades da TV, do Cinema, das celebridades e do mundo da música e entretenimento.

Aceito os termos e condições e a política de privacidade.
Quero receber Ofertas Exclusivas de parceiros (publicidade)

Pode cancelar a subscrição a qualquer momento
Obrigado pelo seu registo