Oscar exige mais diversidade e outros momentos históricos da Academia

A partir de 2024, produções só serão indicadas ao prêmio de Melhor Filme se preencherem critérios de inclusão de minorias.

Stars Insider

09/09/20 | StarsInsider

Filmes Gafes

A polêmica em torno da falta de diversidade no Oscar atingiu o auge em 2015, quando a hashtag #OscarsSoWhite chamou a atenção para a quantidade de nomeados predominantemente brancos. Agora, cinco anos depois, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas está finalmente dando um passo à frente e anunciou novas exigências para as produções que forem indicadas à categoria de Melhor Filme, que entram em vigor a partir de 2024.

Então, para concorrer ao principal prêmio de Hollywood, um filme terá que atender uma série de critérios inclusivos, como membros de minorias, como negros ou latinos, em papéis de protagonistas ou coadjuvantes, ou 30% do elenco composto por grupos pouco representados, ou narrativa principal focada nestes grupos grupos sub-representados.

O objetivo dessas mudanças é 'encorajar a representação equitativa [mais equilibrada] dentro e fora da tela para melhor refletir a diversidade do público que vai ao cinema'. É uma grande novidade que certamente dará mais credibilidade à premiação

Essa é uma ótima notícia para o evento, que coleciona uma série de controvérsias desde que foi criado. Já teve de tudo um pouco: gafes de apresentadores, o anúncio do vencedor errado, discursos de agradecimento que viraram protestos políticos e episódios estranhos na principal cerimônia do cinema!

Pensando nisso, que tal relembrar alguns dos episódios mais polêmicos e embaraçosos da história do Oscar? Confira na galeria!

COMMENTÁRIOS

Campo obrigatório

Não perca…...


As últimas novidades da TV, do Cinema, das celebridades e do mundo da música e entretenimento.

Aceito os termos e condições e a política de privacidade.
Quero receber Ofertas Exclusivas de parceiros (publicidade)

Pode cancelar a subscrição a qualquer momento
Obrigado pelo seu registo