Pamela Anderson critica movimento 'Me Too'. "Um pouco demais para mim"

A atriz não teve nenhum problema em falar sobre os movimentos e ações feministas

Pamela Anderson critica movimento 'Me Too'. "Um pouco demais para mim"
Stars Insider

06/11/18 | StarsInsider

Celebridades Polêmica

A atriz Pamela Anderson decidiu falar abertamente sobre o que pensa em relação aos movimentos feministas, como o ‘Me Too’, que ganhou força nos últimos anos em Hollywood. Apesar de se considerar uma feminista, a famosa acredita que as vezes “o feminismo vai longe demais”.

“Sou feminista, mas acho que essa terceira onda do feminismo é uma chatice, afirmou no programa ‘60 Minutes’. “Me desculpem, mas acho que o movimento #MeToo é um pouco demais para mim, acrescentou, dizendo logo de seguida: Acho que vou ser morta por dizer isto.

Mesmo depois de reconhecer a gravidade da situação, dos casos de assédio sexual denunciados por muitas atrizes, Pamela continuou expressando sua opinião sobre o assunto: A minha mãe me ensinou a não ir para um hotel com um estranho ou se alguém atende a porta de roupão em um encontro de negócios, talvez deva ir com mais alguém. Acho que algumas coisas são apenas de senso comum, explicou.

Leia Também: Ministério Público pede condenação da Globo por reprise de 'Belíssima'

COMMENTÁRIOS

Campo obrigatório

Não perca…...


As últimas novidades da TV, do Cinema, das celebridades e do mundo da música e entretenimento.

Aceito os termos e condições e a política de privacidade.
Quero receber Ofertas Exclusivas de parceiros (publicidade)

Pode cancelar a subscrição a qualquer momento
Obrigado pelo seu registo
Não perca...